Hennemann é eleito o novo presidente da Certel

CERTEL

Egon Hoerlle (E) passou à presidência ao seu vice Erineo José Hennemann

As cooperativas Certel e Certel Energia tiveram, na manhã de segunda-feira, dia 31, as maiores Assembleias Gerais Ordinárias de suas histórias. Realizadas em um dos ginásios do Parque do Imigrante, em Lajeado, 2.131 associados e familiares compareceram ao evento e participaram das decisões constantes nos editais de convocação das assembleias, conforme determinam os estatutos sociais das cooperativas. A mobilização dos 250 líderes e vice-líderes de núcleo, que organizaram ônibus dos 47 municípios abrangidos, foi considerada pela direção como primordial para o sucesso da reunião, demonstrando o interesse dos associados com os assuntos tratados.

Além de destacar as atividades desenvolvidas no ano passado, as assembleias contaram com a eleição dos novos Conselhos de Administração. Depois de 43 anos à frente da gestão das empresas, o presidente, Egon Édio Hoerlle, anunciou que era hora de oportunizar a sucessão administrativa. Neste sentido, uma nova chapa, encabe-çada por Erineo José Hennemann, que até então era o vice-presidente, por Hoerlle na vice-presidência e Silvério Brune como secretário, recebeu a aprovação unânime dos associados presentes.
Hoerlle, que foi homenageado através de um vídeo com imagens de sua trajetória e recebeu uma placa de agradecimento dos colaboradores e diretores, sendo calorosamente aplaudido pelos associados, lembrou de quando foi convidado, em 1971, para assumir a presidência da cooperativa, época em que ela era pequena e contava com apenas 586 associados. Disse que a Certel foi revolucionária na região, levando energia às mais distantes localidades. “Muitas vezes, tínhamos de convencer as pessoas a se associarem, pois a energia elétrica era considerada um artigo de luxo, e não um insumo de produção, que também proporciona lazer e conforto”, recordou.
Ele sublinhou a contribuição da cooperativa para o crescimento da economia regional. “Fomos um importantíssimo agente propulsor do desenvolvimento, e contribuímos substancialmente para que muitos distritos se transformassem em municípios”, disse. “Neste momento, invade o meu coração um sentimento de muita emoção, pelo longo período que estive no comando das cooperativas”, completou.

 Projeções

Entre as projeções das cooperativas para este ano, Hennemann salienta um crescimento de 4% no consumo de energia elétrica; o início da construção da Hidrelétrica Cazuza Ferreira, no rio Lajeado Grande, em São Francisco de Paula, em parceria com a Certaja; a melhoria do sinal de internet, com ampliação do cabeamento de fibra ótica; a reestruturação e criação de melhores serviços e benefícios aos associados nas lojas; a ampliação da indústria de artefatos de cimento, com fabricação de postes com até 40 metros de altura para subestações; e a construção de novos condomínios residenciais da Cigha.

ASSEMBLEIA CERTEL

Mais de 2,1 mil associados participaram da assembleia que elegeu o novo presidente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


9 × nove =

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>